• Karina Al Assal

Neurotransmissor GABA

O GABA é o principal neurotransmissor do tipo inibitório. Esse neurotransmissor é dependente da Glicina, já que essa substância é a precursora do GABA. Além disso, o GABA tem relação próxima com o metabolismo do Glutamato, já que dependendo do ciclo utilizado, o Glutamato pode ser transformado em GABA.



Por isso, muitos dos nootrópicos relacionados ao GABA, agem no receptor específico de Glutamato, inibindo-o. Assim, a única opção restante é a conversão de GABA, consequentemente aumento os níveis sanguíneos desse neurotransmissor.

Quando existem níveis adequados de GABA no sangue, pode-se perceber características como organização, paciência, estabilidade emocional e calma. Se ocorre desequilíbrio pela falta de GABA, predomina-se impaciência, irritação, ansiedade e nervosismo. Já quando existe um equilíbrio para o excesso desse neurotransmissor, pode-se perceber falta de motivação, preguiça, sono e falta de produtividade.

Em relação aos nootrópicos que estimulam o GABA, pode-se citar a L-teanina e a Glicina que agem inibindo os receptores de Glutamato; a Taurina que atua estimulando a produção de GABA; e a Ashwagandha que tem potente ação relaxante e inibitória.

  • instagram
  • facebook
  • youtube
  • podcast
  • linkedin
whats-03.png

whatsapp

©2020 KARINA AL ASSAL - CRN 17275

  • instagram
  • youtube
  • podcast
logo karina.png