• Karina Al Assal

A Relação Entre a Alimentação, Microbiota e Candidíase de Repetição

A candidíase é uma infecção causada por um fungo do gênero Candida, e é muito comum e de alta prevalência. Esse fungo está presente na microbiota da pele e mucosas, vagina e até no trato gastrointestinal. Por conta disso, quando existe uma disbiose na microbiota intestinal, esse fungo pode se tornar patogênico.



Sabe-se que a microbiota intestinal tem grande potencial de impactar a saúde vaginal feminina e o sistema imunológico. Isso porque primeiramente, o consumo excessivo de carboidratos simples, açúcar refinado e até mesmo frutose, pode ser um gatilho, não para causar, mas sim, para contribuir para o desenvolvimento da Candidíase, já que a glicose é a principal fonte de alimento desse fungo, assim favorecendo seu crescimento. Por isso, pode-se dizer que se existe uma disbiose da microbiota intestinal, ocorre consequentemente o aumento à susceptibilidade a candidíase.

E, além disso, o fungo pode se alocar na região vaginal e permanecer lá como colonizador, até que existam condições favoráveis para o desenvolvimento da doença, condições essas que podem ser, a diminuição da imunidade e diminuição do pH vaginal.

Estudos recentes mostram que o uso de probióticos como tratamento para a candidíase de repetição tem se tornado uma boa alternativa. Isso porque as bactérias probióticas, como o Lactobacillus acidophilus, saccharomyces boulardii, Lactobacillus rhamnosus, são capazes de realizar a manutenção, reequilibrar a microbiota intestinal e melhorar a disbiose, combatendo assim infecções oportunistas, como a Candida.

Além disso, sabe-se que o processo inflamatório é essencial para fazer com que o fungo da Cândida passe a ser patogênico, e nessa questão os probióticos também podem contribuir, já que são capazes de diminuir os processos inflamatórios através da estimulação da resposta de macrófagos.

  • instagram
  • facebook
  • youtube
  • podcast
  • linkedin
whats-03.png

whatsapp

©2020 KARINA AL ASSAL - CRN 17275

  • instagram
  • youtube
  • podcast
logo karina.png