• Karina Al Assal

Veja os nutrientes que podem auxiliar no reparo da mucosa intestinal

Existe muitos componentes alimentares que auxiliam no reparo da mucosa intestinal, que por vezes é prejudicada devido a ocorrência de distúrbios gastrointestinais como a síndrome do intestino irritável (SII), diverticulite, supercrescimento bacteriano no intestino delgado (SIBO), doença de crohn ou pela presença de toxinas e outras substancias nocivas.




Quando a mucosa intestinal se encontra em um quadro de inflamação, o uso de goma acácia e malto resistente, associados com os componentes L-glutamina, nucleotídeos e zinco-carnosina, são capazes de promover a redução da inflamação e também diminuir a permeabilidade da barreia intestinal que é prejudicada por algumas doenças.


As fibras alimentares, principalmente as solúveis, geralmente são resistentes a digestão enzimática e devido a isso são fermentadas pelas bactérias presentes no intestino, dando origem aos ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) dos quais: lactato, acetato, butirato e o proprionato.


De acordo com literatura esses componentes são fundamentais para a manutenção e o reparo da mucosa e barreira intestinal, pois eles são a principal fonte de energia das células que constituem o intestino delgado e grosso, logo, quando as células estão supridas de energia elas desempenham suas funções de forma adequada e colaboram para saúde intestinal.


Os prebióticos e os probióticos são componentes que promovem inúmeros benefícios para o intestino e isso já está mais do que comprovado cientificamente. Quando esses elementos são associados, formam os chamados simbióticos, fazendo com que suas funções sejam potencializadas, pois um otimiza a função do outro. Com isso, eles são capazes de favorecer o equilibro dos microrganismos presentes na microbiota e promover a regeneração da mucosa intestinal, evitando o crescimento de patógenos e a translocação bacteriana.


A vitamina D também possui um papel fundamental para a recuperação e prevenção de danos a mucosa intestinal e isso pode estar muito relacionado a sua função imunológica no intestino. Estudo apontam que indivíduos com distúrbios gastrointestinais obtiveram melhora da mucosa intestinal após suplementação de vitamina D. No entanto, vale ressaltar que qualquer suplemento só deve ser utilizado com indicação de nutricionista ou médico.


Posts recentes

Ver tudo

5 chás ao manejo da SIBO

Os chás são fortes aliados para o tratamento da SIBO pois eles possuem muitas propriedades relevantes contra a doença, como por exemplo a ação antiviral, antifúngica, antibacteriana, anti-inflamatória

  • instagram
  • facebook
  • youtube
  • podcast
  • linkedin
whats-03.png

whatsapp

©2020 KARINA AL ASSAL - CRN 17275

  • instagram
  • youtube
  • podcast
logo karina.png