O eixo cérebro-intestino: qual o papel da microbiota na saúde mental?



O eixo cérebro-intestino funciona como uma linha telefônica de alta complexidade, e a microbiota (conjunto de microrganismos que povoa o intestino) possui um papel fundamental nessa comunicação


A microbiota tem a capacidade de sintetizar uma grande variedade de neurotransmissores e, assim, regular a função neural e a homeostase. Esse é um dos principais mecanismos de ação da microbiota sobre o sistema nervoso, sendo que um desequilíbrio em sua diversidade pode acarretar, dentre outras consequências, em alterações no comportamento, quadros de depressão, ansiedade e estresse. Estudos recentes mostram que é possível reduzir hormônios ligados ao estresse, sintomas de ansiedade e depressão através de dieta equilibrada em nutrientes.