Como a dieta rica em gordura afeta a microbiota

A gordura presente na nossa dieta pode afetar a saúde pela modulação da

microbiota intestinal associada a inflamação sistêmica de baixo grau. Dietas ricas em

gordura têm sido associadas com a menor diversidade dos microrganismos presentes no

intestino, aumento da proporção de Firmicutes: Bacteroidetes, além de alterações nos

níveis de família, gênero e espécie, modulando perfis obesogênicos e pró-inflamatórios.

As gorduras saturadas, monoinsaturadas e poliinsaturadas compartilham importantes

vias de ativação e inibição do sistema imunológico com as bactérias intestinais. Os

mecanismos que ligam a gordura alimentar, a microbiota intestinal e a obesidade são

mediados pelo aumento da permeabilidade intestinal, endotoxemia sistêmica e atividade

do sistema endocanabinoide.


O aumento de Bacteroides e Clostridiales e a redução de Lactobacillus e

Streptococcus foram associados a uma dieta com níveis adequados de gordura - em

torno de 20 a 30% do valor energético total da dieta. O aumento de Bifdobacteria e a

redução de glicemia de jejum e de colesterol total foram associados a um menor

consumo de gordura. Bifdobacteria está associadas a microbiota saudável, pois sintetiza

metabólitos que favorecem a manutenção da barreira intestinal.


O consumo mais elevado de ácidos graxos monoinsaturados parece não alterar o

equilíbrio da microbiota. Esse padrão dietético está associado a redução de colesterol e

colesterol LDL. Abacate, azeitona e amêndoa são alimentos fontes de gordura

monoinsaturada.


O ácido linolênico, ômega 3, promove a junção celular do epitélio intestinal,

gera uma permeabilidade intestinal adequada e desempenha um papel importante na

proliferação de bactérias benéficas no lúmen intestinal, como as Bifidobactérias e

Lactobacilos (Bacteroides spp., Bifidobacterium spp.).


Considerando os efeitos anti-inflamatórios do ômega-3, bem como os riscos à

saúde associados ao consumo de gorduras saturadas, sugere-se dar preferência aos

alimentos ricos em gorduras insaturadas, como por exemplo: peixes, azeite, castanhas e

nozes.


Se tiver interesse em ler mais sobre esse assunto, indico esses artigos:


Hills RD Jr, Pontefract BA, Mishcon HR, Black CA, Sutton SC, Theberge CR. Gut

Microbiome: Profound Implications for Diet and Disease. Nutrients. 2019 Jul

16;11(7):1613. doi: 10.3390/nu11071613. PMID: 31315227; PMCID: PMC6682904.


Singh RK, Chang HW, Yan D, Lee KM, Ucmak D, Wong K, Abrouk M, Farahnik B,

Nakamura M, Zhu TH, Bhutani T, Liao W. Influence of diet on the gut microbiome and

implications for human health. J Transl Med. 2017 Apr 8;15(1):73. doi:

10.1186/s12967-017-1175-y. PMID: 28388917; PMCID: PMC5385025.