• Karina Al Assal

5 chás ao manejo da SIBO

Os chás são fortes aliados para o tratamento da SIBO pois eles possuem muitas propriedades relevantes contra a doença, como por exemplo a ação antiviral, antifúngica, antibacteriana, anti-inflamatória, antioxidante e regeneradora de barreira intestinal. No entanto, eles devem ser utilizados de forma alternada ou em forma combinada (mix), com 2 a no máximo 4 tipos de espécies na mesma preparação, visando alcançar todas as propriedades mencionadas.


Dentre os diversos tipos de chás que são usados no manejo da SIBO, os 5 mais comuns são: erva doce, dente de leão, hortelã, erva cidreira e guaçatonga, devido suas principais funções que estão sendo citadas abaixo:


Erva doce (Pimpinella anisum): A erva doce é uma planta comumente conhecida devido as suas diversas funções sobre o sistema intestinal, pois ela auxilia na redução das dores e cólicas intestinais, melhora o funcionamento do intestinal e evita episódios de constipação. Além disso, estudos apontam que o consumo diário desse chá é capaz de reduzir a atividade de componentes que estimulam o processo inflamatório.


Erva cidreira (Lippia Alba): O chá dessa especiaria contém excelente ação antioxidante, antibacteriana, antifúngica, analgésica, antiviral, melhora as funções gástricas e estomacais, além de atuar também contra os sintomas de má digestão, náusea e estresse.


Dente de leão (Taraxacum officinale): Essa planta quando consumida na forma de chá demonstra forte potencial anti-inflamatório, analgésico, antioxidante e atua no processo de detoxificação. Estudos recentes comentam que o dente de leão parece estimular o crescimento de bifidobactérias (bactérias com funções benéficas para o intestino) que se encontram em menor quantidade em indivíduos com SIBO.


Hortelã (mentha piperita): O chá de hortelã é amplamente consumido em vários locais do mundo, e isso está muito relacionado as suas funções antioxidantes, anti-inflamatórias, antibacterianas e antifúngicas. Mas ele também contém boa atividade contra a má digestão, sendo significante sua utilização em indivíduos com SIBO, possui atividade anti espasmódica, ou seja, promove relaxamento muscular aliviando cólica e dores abdominais.


Guaçatonga (Casearia sylvestris): A guaçatonga é uma planta excelente para ser usada no manejo da SIBO, pois contém boa função antibacteriana, antifúngica, antioxidante, analgésica, antisséptica, anti-inflamatória e atua contra os gases produzidos pela grande quantidade de bactérias.

Posts recentes

Ver tudo
  • instagram
  • facebook
  • youtube
  • podcast
  • linkedin
whats-03.png

whatsapp

©2020 KARINA AL ASSAL - CRN 17275

  • instagram
  • youtube
  • podcast
logo karina.png