top of page

O Papel dos fungos no sistema imune

Pesquisas realizadas com bactérias do trato gastrointestinal têm mostrado como

esses microrganismos são papel chave para o bom funcionamento do nosso

intestino e nossa saúde como um todo. No entanto, novas pesquisas têm mostrado

que o papel dos fungos neste âmbito não é só secundário, ou responsáveis apenas

pelo desenvolvimento de uma patologia causada pela baixa imunidade de um

hospedeiro. Eles são responsáveis também pela homeostase digestiva e imune do

hospedeiro.

Os fungos presentes no intestino e o sistema imune podem interagir de forma direta

ou indireta, por meio de interações entre fungos, entre fungos e bactérias e entre

fungos e o hospedeiro. Acredita-se que a principal via envolvida na comunicação

entre fungos intestinais e sistema imunológico é a via de lectina tipo C, por meio dos

receptores Dectin-1, 2 e 3, entre outros. Em menor grau, os receptores do tipo toll,

que são um tipo de receptor de reconhecimento de padrões expressos em células

imunes inatas, como células dendríticas e macrófagos, também estão envolvidos na

detecção de fungos pelo sistema imunológico.

Existem outras possibilidades de influência, um sistema imune suprimido por

qualquer motivo pode levar à um crescimento de Candida, fungo que quando em

quantidades adequadas, não são estressores para intestino ou sistema imune.

Foram encontradas também relações entre fungos intestinais e doenças

inflamatórias e síndrome do intestino irritável, tanto em camundongos, quanto em

estudos observacionais em humanos. Inflamações ativas em pacientes com

síndrome do intestino irritável traz alterações na composição fúngica do hospedeiro,

e Candida tem sido associada com o progresso e desenvolvimento da inflamação.

Os resultados de estudos mencionados mostram uma possível abordagem pelos

fungos intestinais para tratamento de doenças intestinais. Probióticos de levedura

do gênero Saccharomyces têm sido estudados como ferramenta para tratamento de

doenças gastrointestinais, como para diarreia associada à antibióticos, síndrome do

intestino irritável e infecções causadas por Clostridium difficile.

Comments


bottom of page