top of page

Constipação



A constipação é uma desordem intestinal muito comum, mas pouco tratada, já que boa parte da população que sofre dessa condição não procura ajuda especializada. A causa da falta de procura por ajuda pode ser pela falta de informação, pelo costume com os sintomas, e considerá-los normais.


Os sintomas da constipação são a baixa frequência de evacuação, fezes duras em formato de bolinhas, dificuldade para evacuar, que pode resultar em fissura anal e sensação que a evacuação não aconteceu por completo. Enquanto a constipação pode ser momentânea, causada por mudança de rotina alimentar ou remédios, a constipação duradoura é uma desordem causada pela IBS-c, ou a constipação funcional.


A IBS-c é a Síndrome do Intestino Irritável, com predominância de constipação, ou seja, além dos sintomas da síndrome, como distensão abdominal, dores, etc, a rotina de evacuação do paciente é constipada. Já a constipação funcional não conta com outros sintomas específicos, além da constipação.


A constipação é prevalente em mulheres e em idosos, e suas causas podem ser a falta de atividade física, ingestão de alguns remédios, situações de estresse, abuso e depressão.


A constipação pode ser manejada com aumento na ingestão de fibras e água. No caso da IBS-c, assim como os outros sintomas, podem ser controlados com ajuda da dieta Low Fodmap, para realizar uma triagem de quais são os alimentos gatilhos. Outra forma de lidar com a desordem é com o consumo de fibras suplementares que são comercializadas, como por exemplo a goma acácia, que é uma fibra solúvel, que não da muitos sintomas de desconforto intestinal. É preciso entender, no entanto, que alguns casos, como na constipação funcional, a causa pode não estar na dieta, importante avaliar a motilidade e se tem uma coordenação neuro-motora intestinal, e se for esse o caso a terapia recomendada é o biofeedback que ajuda na coordenação motora do intestino.


Se você sofre de constipação e um aumento na ingestão de fibras e água não melhoraram seu quadro, procure ajuda de um profissional especializado.


Referência:

Bharucha, A. E., & Wald, A. (2019). Chronic Constipation. Mayo Clinic proceedings, 94(11), 2340–2357. https://doi.org/10.1016/j.mayocp.2019.01.031










Comentarios


bottom of page