top of page

Como o álcool pode afetar seu intestino?


Afinal, por qual motivo minha nutricionista fala para eu evitar álcool? Se seu objetivo for ganho de massa magra, perda de gordura, melhora do quadro de saúde, ou alívio de sintomas intestinais, evitar álcool, ou melhor ainda, evitar completamente a bebida, é um dos passos mais importantes.


Ao consumir uma bebida alcoólica, a veia porta o transporta para o fígado, órgão que também possui eixo com o intestino, e se o álcool for em excesso, esse eixo pode trazer inúmeros problemas, além dos mais conhecidos, como refluxo, cirrose e alcoolismo. Se você consome álcool de forma esporádica, esses problemas podem nunca aparecer, mas se você já possui questões intestinais, uma pequena quantidade já pode ser um gatilho.


O excesso de álcool pode começar trazendo problemas no início do seu trato gastrintestinal, no estômago, que perde o muco e traz uma inflamação e gastrite. Essa inflamação pode causar um aumento na produção de ácido, que pode então trazer dor, enjoo e vômito, e pode levar a úlcera e câncer no estômago.


O consumo exacerbado de álcool pode causar também uma redução na variedade de microrganismos benéficos no seu intestino, e aumentar microrganismos que causam irritação no epitélio intestinal. Essa irritação faz o intestino liberar o alimento com mais rapidez, causando diarreia.


Quando em comemorações, prefira por exemplo o vinho tinto, que possui polifenóis, ou kombucha com teor alcoólico, pois essa bebida tem chá verde e preto entre os ingredientes, fontes de polifenóis. Para diminuir possíveis danos, não esqueça de beber bastante água enquanto bebe seu drink, mas antes disso, esteja alimentado.



תגובות


bottom of page