top of page

A importância da biotina na saúde intestinal


Você deve conhecer a biotina (ou B7) como um suplemento bastante usado na estética para saúde da pele, e crescimento saudável de unhas e cabelos, porém, essa vitamina é capaz de muito mais. Trata-se de uma vitamina hidrossolúvel, que age como coenzima para carboxilase, usada no metabolismo, resposta ao estresse celular, regulação de gene e resposta imune.


Pesquisas mostram que a deficiência de biotina é associada com perda de peso, fezes com sangue e úlcera no intestino delgado e grosso, similar com sintomas de Doenças Inflamatórias Intestinais, além do aumento da permeabilidade intestinal.


Em estudo realizado com camundongos sem o transportador da vitamina, ou com o transportador, mas sem a oferta da mesma, esses camundongos apresentaram inflamação intestinal, um maior número de bactérias oportunistas, e diminuição na quantidade de Akkermansia muciniphila. Tudo isso porque a deficiência da biotina muda a microbiota intestinal, que passa a ter mais microrganismos produtores de biotina, que por sua vez contribuem para uma inflamação intestinal.


Vemos então que a biotina é uma vitamina que deve ser acompanhada e se necessário, suplementada, não apenas por estética, mas pela saúde como um todo, inclusive intestinal. Fontes alimentares de biotina são ovos, banana, brócolis, fígado, cogumelos, entre outros. Procure sempre manter uma alimentação variada e assim, ter aporte de vitaminas necessárias e o seus benefícios




Ref: Yang, J.C.; Jacobs, J.P.; Hwang, M.; Sabui, S.; Liang, F.; Said, H.M.; Skupsky, J. Biotin Deficiency Induces Intestinal Dysbiosis Associated with an Inflammatory Bowel Disease-like Phenotype. Nutrients 2023, 15, 264. https://doi.org/10.3390/nu15020264

Comments


bottom of page