top of page

Cigarros eletrônicos e saúde intestinal


Você já viu pessoas usando ou tem alguém próximo de você que faz uso. Os cigarros eletrônicos caíram no gosto de muitas pessoas, inclusive muitos jovens, por considerarem cool ou por influência de colegas e amigos. O problema é que, assim como o cigarro comum, o cigarro eletrônico é altamente viciante. E como vamos ver na análise do estudo a seguir, ele também pode ser nocivo para o intestino.

O estudo realizou testes em camundongos para avaliar os efeitos da inalação de aerossóis de cigarros eletrônicos no cólon. Os camundongos foram expostos a aerossóis de cigarros eletrônicos por 1 hora por dia, em dois momentos: 1 semana (exposição aguda) e 3 meses (exposição crônica). Foram usados líquidos para cigarros eletrônicos sem nicotina e com nicotina (6 mg/mL), que continham uma proporção de 70:30 de propilenoglicol (PG) e glicerina vegetal (GV). Os pesquisadores escolheram uma concentração de nicotina baixa (6 mg/mL), com base em trabalhos anteriores e na quantidade presente nas marcas mais populares. A proporção de 70:30 PG:GV foi escolhida com base na preferência dos consumidores. A análise do cólon dos camundongos após 1 semana de exposição aguda aos aerossóis de cigarros eletrônicos sem nicotina mostrou pequenos e raros pontos de infiltração de leucócitos na camada submucosa. A exposição aguda aos aerossóis contendo nicotina resultou em pontos raros de erosões epiteliais. No entanto, a exposição crônica por 3 meses aos aerossóis sem nicotina levou a grandes inflamações na camada submucosa do cólon. A perturbação da barreira intestinal pode ser resultado dos componentes químicos decompostos pelo calor no vapor dos cigarros eletrônicos. Essa perturbação pode ocorrer diretamente devido a esses componentes ou indiretamente através de metabólitos secundários ou citocinas geradas a partir das monocamadas derivadas de enteróides. O artigo não menciona formas de evitar esses danos à barreira intestinal, então vale lembrar que o uso desses cigarros, eletrônicos ou não, não são interessantes para o paciente, especialmente o que sofre com desordens intestinais.


SHARMA, Aditi; LEE, Jasper; FONSECA, Ayden G; et al. E-cigarettes compromise the gut barrier and trigger inflammation. iScience, v. 24, n. 2, p. 102035–102035, 2021. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7841355/?report=reader>. Acesso em: 16 out. 2023.

Comentários


bottom of page