Qual papel do exercício na saúde do intestino?

Atualmente, são muito discutidos os benefícios da prática regular de exercícios físicos na saúde de forma geral. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a prática de, pelo menos, 150 minutos por semana.



Dentre os benefícios decorrentes da prática de exercício, a saúde intestinal também se destaca. Quando praticado de forma regular, os estudos sugerem que haja um aumento na diversidade da microbiota, aumentando de forma considerável a presença de determinadas bactérias associadas a um melhor estado de saúde. Além da diversidade, fazer atividade física regularmente se associa a melhora da motilidade intestinal e, por consequência, o trânsito intestinal, evitando episódios de constipação.


Ademais, existem evidências consistentes de que homens e mulheres fisicamente ativos apresentam uma redução de cerca de 50% do risco de desenvolverem câncer de cólon. Isso se deve à redução do tempo de trânsito intestinal, o que diminuiria o tempo de contato entre a mucosa do cólon e os possíveis compostos carcinogênicos ali presentes no conteúdo intestinal.