Nutrientes essenciais para a saúde da pele no verão


Durante o verão, os cuidados com a pele devem ser redobrados. A maior exposição aos raios ultravioletas aumenta a chance do desenvolvimento de câncer de pele, queimaduras e do fotoenvelhecimento. Dessa forma, cuidar da pele envolve estratégias tanto tópicas quanto ações para melhorar o organismo internamente. Nesse contexto, a alimentação torna-se um ponto importante para a saúde da pele.


Alimentos que possuem nutrientes com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórios podem auxiliar na prevenção aos danos causados pelo sol. Além disso, o consumo adequado de água ao longo do dia é fundamental para manter a hidratação da pele.


4 nutrientes essenciais para a saúde da pele


Vitamina C - Alguns fatores ambientais como a radiação solar acabam acelerando os danos à pele por meio do estresse oxidativo. A vitamina C é um antioxidante capaz de neutralizar o estresse oxidativo e proteger a pele contra esses danos.


Ao reduzir o estresse oxidativo induzido pelo contato da pele com os raios ultravioletas, a vitamina C possui efeito anti-envelhecimento, sendo também essencial na biossíntese de colágeno, melhorando assim a aparência da pele.


Beta-caroteno - O beta-caroteno é uma substância natural responsável pela coloração de algumas frutas, verduras e legumes. Esse composto é precursor da vitamina A e possui propriedades anti-inflamatório e antioxidante, que bloqueiam a formação de espécies reativas de oxigênio.


Além disso, esse nutriente é eficaz na proteção contra a degradação da matriz extracelular, aumentando a elasticidade e firmeza da pele, O mecanismo que norteia esse efeito é a ação do beta-caroteno na diminuição da peroxidação lipídica.


Biotina - A vitamina B7 é amplamente utilizada para a manutenção de uma pele, cabelo e unhas saudáveis. Sua ação na pele envolve o estímulo à produção de queratina e colágeno, auxiliando na manutenção da firmeza da pele e hidratação. Ademais, concentrações adequadas de biotina auxiliam na manutenção de concentração adequada de zinco, diminuindo o desenvolvimento de doenças dermatológicas.


Ômega 3 - Como dito anteriormente, o dano à pele causado pela exposição aos raios ultravioletas produz espécies reativas ao oxigênio. O ômega 3 é um ácido graxo com importante função anti-inflamatória, atuando assim na fotoproteção, diminuindo o aparecimento de rugas, vermelhidões e revitalizando a pele por ser também um hidratante natural.


Além disso, o ômega-3 também pode atuar na cicatrização de feridas, em doenças cutâneas e na carcinogênese da pele. Na melanogênese, processo de geração e distribuição de melanina, esse ácido graxo diminui a incidência da hiperpigmentação.


Apesar de consumir alimentos ricos nesses nutrientes ou suplementá-los, os demais cuidados com a pele também devem ser reforçados durante o verão. Uso de protetor solar com FPS 30 ou maior jamais deve ser esquecido! Os cuidados com a pele vão muito além da questão estética e envolve saúde e qualidade de vida.


Referências


Balić, Anamaria, et al. “Ácidos graxos poliinsaturados ômega-3 versus ômega-6 na prevenção e tratamento de doenças inflamatórias da pele”. International Journal of Molecular Sciences , vol. 21, no 3, janeiro de 2020, p. 741. PubMed Central , https://doi.org/10.3390/ijms21030741.


Al-Niaimi, Firas e Nicole Yi Zhen Chiang. “Vitamina C Tópica e a Pele: Mecanismos de Ação e Aplicações Clínicas”. The Journal of Clinical and Aesthetic Dermatology , vol. 10, no 7, julho de 2017, p. 14–17. PubMed Central , https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5605218/.


Ogawa, Youichi, et al. “A biotina é necessária para a homeostase do zinco na pele”. Nutrients , vol. 11, no 4, abril de 2019, p. 919. PubMed Central , https://doi.org/10.3390/nu11040919.