top of page

Aveia para celíacos

A

Doença Celíaca ou outra desordem relacionada ao glúten tem como tratamento mais eficaz a retirada de alimentos fontes da proteína, como o trigo, a cevada, centeio e semolina. No entanto, existe uma polêmica sobre a segurança de um alimento para pessoas com desordens relacionadas ao glúten: a aveia.


Por ser um alimento super nutritivo e interessante para consumo por diversos motivos, como ser uma ótima fonte de fibras, a aveia é esperada em planos alimentares de nutricionistas, seja para pessoas que desejam perder gordura, ganhar massa magra, ou apenas para uma melhora da saúde geral. No entanto, a aveia pode não ser tão interessante, principalmente para pessoas celíacas ou com sensibilidade ao glúten não celíaca (SGNC).


É possível encontrar diversas marcas de aveia em mercados grandes, das vendidas em pacotes de 100 gramas, até a granel. Algumas possuem um selo Gluten-free, ou Livre de Glúten, porém, é difícil atestar se de fato essas marcas são seguras para celíacos ou pessoas com SGNC. Isso se dá pela insegurança se os locais de produção e armazenamento estão livres de contaminação cruzada, ou seja, um alimento que em teoria não teria glúten, mas que é contaminado pela proteína, por entrar em contato com um mesmo lugar que já teve glúten.


Por isso, a aferição deve ser feita com maior cuidado e melhor regulação, visto que falta um maior preparo para os cuidados relacionados à questão da alimentação livre de glúten. Para pessoas não celíacas ou SGNC, a aveia é um alimento nutritivo e que trará benefícios se adicionada à sua rotina.


Ref: Rodríguez, J.M. et al. Commercial oats in gluten-free diet: A persistent risk for celiac patients. Front. Nutr., 06 October 2022. Sec. Nutritional Immunology

Comentarios


bottom of page